BLOGS, PARCERIAS E JABÁS

7 de fevereiro de 2013

O post de hoje é um desabafo!
Claramente esta é a minha opinião e não pretendo apontar o dedo a ninguém.
Antes de começar o meu blog, assisti centenas de vídeos no Youtube e li outros milhares de posts para poder ter uma base do que eu podia ou não fazer e de como seria a minha postura. Entender o que era ético, correto e profissional. Além de ter que aprender na raça muitos dos mecanismos oferecidos na internet para montar o blog. 
Eu não sou jornalista, mas tenho bom senso (ao menos acredito ter) para saber o limite entre o fashion e o ridículo.
Eu gostaria de comentar algumas situações que acontecem nas ultimas semanas.
Tenho contas nas redes sociais como grande parte das pessoas. E estou cansada de acompanhar várias blogueiras e perceber que muitos posts são jabás. O que seriam jabás? Como diz uma certa blogueira (que eu admiro)  jabás, são todos os posts com propaganda paga enrustida. Muitas vezes quase não nos apercebemos que o intuito do post é estritamente comercial. E confesso que ando muito decepcionada com essa situação. Antes da decadência  do Orkut, o mesmo foi invadido de publicidades. Depois foi a vez do Facebook e agora no Twitter e Instagram, que mais parecem um mercado de bugigangas livre que um lugar onde fazer amigos era o propósito inicial. 
Outra coisa que me incomodou muito foi assistir a determinados vídeos de uma certa empresa (nacional), que diz apoiar os pequenos blogs, e ler no próprio site da empresa na categoria Parcerias/Afiliados, que eles só fariam parcerias com blogs que tivesses um numero de seguidores que na minha opinião é um exagero. Uma contrariedade. Mas então porque diz que apoia se não o faz verdadeiramente? Claro que as empresas não irão associar a sua marca com qualquer blog que aparece. 
Já entendi que poucos nos apoiarão. 
Nesse mundo blogueiro não se da nada de graça a ninguém.  Ou troca-se ou vende-se, mas dar, jamais! As empresas usarão sempre como desculpa que não atingimos o perfil de exigências deles. Mas é claro que não! Estamos começando!! 
Sei bem da polémica em torno da criação desenfreada de blogs nos últimos tempos no Brasil. Tem muita gente que faz blogs que são uma verdadeira vergonha com fotos distorcidas, desfocadas e muitos erros gramaticais. 
Dá muito trabalho fazer algo com qualidade. 
Eu, por exemplo, perco muito tempo para fazer um post. Quero que o meu blog seja como eu sou na integra. Quando eu andava na escola os resumos dos livros eram escritos por nos, pois tínhamos que ler os livros para fazer os trabalhos exigidos pelos professores. Hoje poucos são os que perdem tempo lendo um livro e os resumos são retirados da Internet já prontos.
Já aprendi que ter um blog e fazer ele ficar conhecido requer coerência, transparência, muito trabalho e sorte. Cada vez que entro no Instagram tenho a impressão de estar vendo muitas vitrines de lojas por obrigação. 
E você me perguntará então, se eu não gosto dos posts de determinadas blogueiras porque eu as sigo nas redes sociais??? EU NÃO DISSE QUE NÃO GOSTO, eu só fico triste pois tenho me sentido enganada em muitos posts, pois percebo nitidamente que é um jabá (publicidade paga), e se é assim ela poderia ao menos me informar, para que eu não me sentisse tão estúpida. 
Dinheiro rápido e fácil todo mundo quer! Mas não é necessário tentar enganar as leitoras para que pareça tudo muito lindo e na moda. 
Estou triste. Mas não irei desistir. Agora é uma questão de princípios e amor para levar o blog adiante. Todos os textos são escritos por mim.
Se você esta começando agora. Tenha respeito por si mesma. Valorize-se! Faça um blog bem feito. Tente buscar sempre o melhor. Tenha paciência. E não se venda por qualquer vidro de esmalte. 
Apoio aos blog pequenos, pois existem muitos com qualidade na escrita e no visual.
Abafa o caso e desencana no preconceito aos blogs iniciantes! 
Também queremos uma chance para mostrar o nosso valor!


Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

3 comentários:

  1. Flor a pergunta básica a ser feita primeiro é: você escreve para si ou para os outros? Para descontrair, ter seu momento, ou para parcerias? As parcerias aparecerão aos poucos, fruto do trabalho longo e intenso. Eu honestamente não tenho nem tempo suficiente para me dedicar ao blog dessa maneira, pois inclusive uma das coisas que se faz é conhecer outros novos blogs e eu raramente posso fazer isso. Continue seu caminho e fique satisfeita e orgulhosa pelo seu trabalho, assim certamente as coisas começarão a "acontecer". Beijinho.

    www.dicasdamag.uni5.net

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Mag, entendo o seu ponto de vista. Mas eu não acredito na frase "eu faço o blog só para mim". No meu caso, eu faço o blog para mim e para quem tiver a mesma linha de pensamento que eu. Talvez eu possa ajudar ou incentivar alguém que tenha algum problema ou duvida. Não pretendo ficar famosa muito menos enriquecer a custa do blog. Mas uma das maneiras de reconhecimento do nosso trabalho é exatamente as parcerias, os apoios e pluri editoriais. A minha maior indignação é perceber que muitos posts são pagos e elas fazem deles a coisa mais natural do mundo. (Eu ate entendo, pois essa é a logica. A indução da propaganda é exatamente me fazer pensar que aquele produto é extremamente necessário na minha vida).
      Se o blog fosse somente para mim eu nao o faria e colocaria na internet em opção "Publico". Escreveria um diário e guardaria dentro do armário.
      Bjao e sucesso

      Excluir
  2. Oie!! Cada vez que venho aqui desejo mais tempo para ler TODOS os post desse blog, pois cada vez fico mais sua fã. Ameiiii esse post/desabafo, digo desabafo pq é exatamente o que penso e o que gostaria de dizer.
    Bjão
    Nanda

    ResponderExcluir

O seu comentário é muito importante para mim. Seja respeitoso mesmo se tivermos idéias diferentes. Obrigada pela sua visita e volte sempre!

USE AS HASTAGS #euvinoabafa E #dicadoabafa E SUAS FOTOS APARECERÃO AQUI!